Com 718 mil visitantes, Recife fecha carnaval 2013 com avaliação positiva

fevereiro 14, 2013 at 9:50 am Deixe um comentário

Investimento foi de R$ 30 milhões, e foram movimentados R$ 603 milhões.
Queixa sobre tamanho da área privada no Marco Zero será avaliada.

Geraldo Julio, prefeito do Recife (Foto: Luna Markman / G1)

Prefeito do Recife comentou dados divulgados nesta
quarta-feira (Foto: Luna Markman / G1)

Setecentas e dezoito mil pessoas visitaram o Recife durante o período carnavalesco, segundo divulgou o governo municipal, em balanço, na tarde desta quarta (13). O investimento da Prefeitura foi de R$ 30 milhões, enquanto a folia movimentou R$ 603 milhões. A festa se espalhou por 18 polos e 34 polinhos na cidade. Foram cerca de 1,5 mil apresentações, com 90% da grade formada por atrações locais – sendo mais de 100 artistas de frevo, que em 2012 ganhou da Unesco o título de patrimônio cultural imaterial da humanidade.

Antes dos secretários e prefeito do Recife, Geraldo Julio, informarem os números do carnaval, os músicos Israel França e Maciel Salú fizeram uma apresentação. “Tenho certeza de que este foi o maior carnaval que tivemos, os números dizem isso. Fui em diversos bairros, ações e todas as noites no Marco Zero, tudo estava lotado, com gente brincando na rua, pedindo frevo. O que me resta é agradecer, inclusive ao governo do estado, por todo o apoio dado à festa. Agredecer também às iniciativas desenvolvidas, como o estacionamento gratuito, o convênio dos táxis, o Expresso da Folia”, falou o prefeito.

Uma novidade foi o retorno de um polo em Boa Viagem, na Zona Sul da cidade, com um público médio de 10 mil pessoas por dia. Cerca de seis mil pessoas trabalharam no carnaval para receber os milhares de visitantes, sendo numa média de 620 mil pessoas no Recife Antigo e 37,8 mil nos polos descentralizados. Segundo a Prefeitura do Recife, o visitante teve um gasto médio diário de R$ 485. Já o excursionista, aquele que não se hospeda, apenas passa o dia na cidade, desembolsou R$ 177.

A ocupação hoteleira ficou em 95%, um incremento de 7% por conta da chegada de dois novos hoteis na cidade.  A permanência média do turista ficou em 7,9 dias nos hoteis. A pesquisa aponta que 8% dos visitantes vieram do exterior. “Outros 19% vieram do interior do estado, outros 36% do Nordeste, 37% dos demais estados do Brasil. São Paulo, Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba foram os locais de onde mais vieram turistas”, disse o secretário de Turismo, Felipe Carreras.

Roberto Lessa - presidente da Fundação de Cultura do Recife (Foto: Luna Markman / G1)Roberto Lessa disse que tamanho de área privada no Marco
Zero será avaliada (Foto: Luna Markman / G1)

Para obter esses números, a Secretaria de Turismo utilizou dados da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Pernambuco (ABIH), que considera os pacotes turísticos comprados, fechados para o período de 3 a 17 de fevereiro. Ainda de acordo com a Infraero, 66.084 desembarques foram realizados no Aeroporto Internacional Gilberto Freyre, entre os dias 7 e 12 deste mês.

A área privada demarcada em frente ao palco do Marco Zero, onde ocorreram os shows mais aguardados do carnaval, recebeu críticas. O G1 ouviu reclamações de várias pessoas que chegavam cedo ao local, mas não conseguiam ver os artistas de perto. “Aquela área têm muitas funções, como dar espaço para a imprensa e equipes de salvamento trabalharem e para cadeirantes e outros casos de deficiência. As pessoas têm logo essa interpretação errada, de área VIP, mas vamos avaliar esse assunto para o próximo ano”, afirmou o presidente da Fundação de Cultura do Recife, Roberto Lessa.

Mobilidade e trânsito
Pela primeira vez, a Prefeitura disponibilizou estacionamento gratuito nos prédios da sede do governo municipal, Tribunal Regional do Trabalho (TRT) e Tribunal Regional Federal (TRF), todos no Cais do Apolo, totalizando 1.272 vagas. Nos cinco dias, 15.683 veículos passaram pelos locais. O Expresso da Folia foi utilizado por 57.669 passageiros. O serviço levava gente dos shoppings Tacaruna, Plaza, Boa Vista e RioMar até o Bairro do Recife. O convênio para livre circulação de táxis do Recife, Olinda, Paulista, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata ampliou a frota para 8,1 mil veículos.

Cerca de 550 agentes de trânsito trabalharam em bloqueios, interdições e fiscalizações na área central da cidade. Noventa por cento das vias, incluindo a Ponte Duarte Coelho, na Boa Vista, onde a escultura do Galo da Madrugada estava instalada, já foram liberadas na manhã desta quarta-feira (13). O Cais da Alfândega, Praça do Arsenal e avenidas Dantas Barreto e Nossa Senhora do Carmo ficam bloqueados para desmontagem de estruturas até a próxima semana.

Segundo a Prefeitura, durante o carnaval, foram realizadas 1.663 autuações de veículos, sendo a maioria notificações por estacionamento em local proibido. Da sexta (8) até a manhã desta quarta (13), a CTTU registrou 131 acidentes de trânsito, sendo 99 sem vítimas e 32 com vítimas. Trinta e oito pessoas ficaram feridas. Ninguém morreu.

Limpeza, controle urbano e segurança
Foram mobilizados 1.912 profissionais de limpeza, que contaram com apoio de 30 caminhões. A operação recolheu 425 toneladas de lixo, enquanto ano passado foram recolhidos 349 toneladas, e 6,2 toneladas de recicláveis. Mesmo assim, o mau cheiro no Bairro do Recife recebeu críticas dos foliões. “Para desinfecção das ruas, nós usamos seis mil litros de essência, três mil litros de detergente e 150 quilos de bactericida. Nós fizemos um planejamento forte, com ações antes, durante e após a festa. Nosso sentimento é de satisfação com o trabalho, mas vamos avaliar esse aspecto para o ano que vem”, disse o secretário de Infraestrutura e Serviço Urbanos, Nilton Mota.

Estiveram nas ruas 1.498 profissionais atuando na fiscalização da segurança de camarotes, no controle do comércio informal, na apreensão de mercadorias, no monitoramento do controle urbano e na organização dos estacionamentos. “A população pôde saber pela internet quais camarotes estavam regulares, serviço que vai ser repetido ao longo do ano sobre as casas noturnas da cidade. Os novos bloqueios nas vias que dão acesso ao Marco Zero e o estacionamento gratuito combateram o abuso dos flanelinhas. Já pensamos também para o ano que vem também ampliar o convênio com taxistas da Região Metropolitana”, falou o secretário de Mobilidade e Controle Urbano, João Braga.

O secretário municipal de Segurança, Murilo Cavalcanti, falou que, nesta quinta-feira (13), a Secretaria de Defesa Social divulgará o balanço sobre as ocorrências no estado. “Mas vou adiantar que o carnaval do Recife foi o mais seguro dos últimos 16 anos”, falou.

Saúde e direitos humanos
Ao todo, durante a festa, os profissionais do Samu atenderam 676 pacientes, sendo a maior parte (61%) mulheres. A equipe ficou instalada em sete polos descentralizados. Casos ligados ao abuso do álcool corresponderam a 45% dos atendimentos – foram 301 casos da noite da sexta a madrugada desta quarta. Já nos Serviços de Pronto Atendimento (SPA) da rede municipal de saúde foram realizados 4.359 atendimentos.

Nas policlínicas da cidade que funcionaram em esquema de 24 horas, 50% das ocorrências foram na área clínica médica. A Secretaria de Saúde realizou 1.130 testes rápidos para identificação de HIV, sífilis e hepatites B e C. Oitocentos mil preservativos foram distribuídos. As equipes de Vigilância Sanitária apreenderam 148 unidades de espuma em spray, cuja utilização é proibida por decreto municipal.

Peleja musical no Recife - Israel França e Maciel Salú (Foto: Luna Markman / G1)Israel França (E) e Maciel Salú fizeram uma apresentação antes do balanço do carnaval (Foto: Luna Markman / G1)

Também foram retidos dois caminhões carregados com duas toneladas de gelo que iriam abastecer bares e restaurantes, além de 780 litros de batidas alcóolicas e 476 espetinhos que estavam sendo comercializados por ambulantes. Ao todo, 9.398 inspeções foram realizadas em comércio formal e informal, camarotes, trios elétricos, módulos sanitários e barracas padronizadas.

A Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos instalou uma central de atendimento próximo ao Marco Zero, onde 500 pessoas foram recebidas. No local, 25 pessoas tiveram orientação jurídica, 53 fizeram denúncias sobre violação do direito do consumidor e 20 realizaram boletins de ocorrência no sistema da Delegacia Interativa online da Secretaria de Defesa Social.

Já o Instituto de Assistência Social e Cidadania, com tendas no Marco Zero, Pátio do Carmo e Ibura, atendeu 272 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Elas participaram de oficinas pedagógicas, recreação e foram encaminhadas para a rede socioassistencial. Não houve notificação em nenhum estabelecimento por parte do Procon-PE.

Anúncios

Entry filed under: Política.

Jovem passa por constrangimento em cima de um trio na cidade de Escada Câmara de Vereadores de Escada reinicia trabalhos de 2013

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Agenda

fevereiro 2013
S T Q Q S S D
« jan   mar »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728  

Most Recent Posts